Home / Dança / Zumba / Musculação em jejum de manhã

Musculação em jejum de manhã

Só existe uma razão para o jejum ou mesmo treinar musculação em jejum: melhorar a queima de gorduras. Quem esteja buscando somente hipertrofia, ou seja, aumento de massa muscular, não há razão para treinar em jejum.

Somente em situações especiais é que se pode pensar a possibilidade de treinos com pesos em jejum. Esclarecendo que apenas “pensar”, pois treinar em jejum não deve nunca ser aplicado para quem quer que seja.

Até algum tempo, o jejum nunca foi visto com bons olhos, foi temido, criticado, e mesmo evitado, porém, agora virou moda, se tornou o suprassumo dos treinos, mas não há uma pesquisa profunda sobre o assunto, apenas alguns estudos.

Musculação em jejum, sim ou não

De forma geral, pode-se dizer que treinar musculação sem estar alimentado não é recomendado. Principalmente para quem busca o ganho de massa muscular não há motivo ou razão para praticar musculação em jejum.

Pois em jejum, o desempenho adequado fica comprometido, ocasionando a falta de nutrientes que poderá vir a comprometer a síntese de proteína de forma geral. Por isso, a única razão para se treinar em jejum é em caso de emagrecimento.

Em pesquisa publicada, destacam que praticar musculação em jejum, ocorre mais a queima de músculos de que propriamente gorduras, assim sendo, nota-se que o esforço é em vão, sendo que o objetivo é ganhar massa muscular.

O jejum pode afetar o desempenho da musculação

Grande maioria de nutricionistas e de médicos não recomendam o treino em jejum, uma vez que, quando o organismo está em jejum há uma redução da glicose sanguínea.

Isso faz com que o organismo entenda que há uma deficiência de carboidratos, aumentando o risco de ocorrência de diabetes. Pode-se observar que o treino de musculação em jejum é um procedimento muito limitado.Musculação em jejum de manhã

Ocorre que em algum momento do treinamento, dependendo da intensidade do mesmo, o organismo iniciará a queima de massa muscular magra buscando energia para realizar os exercícios propostos.

Assim sendo, caso pretenda iniciar um treinamento para condicionamento muscular em jejum, é muito importante estar atento com o ganho de gordura, uma vez que o organismo estará estocando gordura para quando sentir fome.

Por tanto, se alimentando mais vezes no decorrer do dia, o metabolismo do corpo estará se mantendo em funcionamento, fazendo com que o corpo não armazene mais os nutrientes, como no caso das gorduras.

No entanto, caso opte para treinar em jejum, saiba que o treinamento deverá ser realizado sem que tenha ingerido alimento nas últimas 6 a 8 horas, portanto, a melhor opção é fazer musculação em jejum de manhã.

Pois, durante o sono, o corpo se encontra em jejum, e até o momento do início dos treinos, já tenha completado o mínimo de horas necessários sem que tenha se alimentado.

SE o objetivo é mesmo o treinamento em jeju m, procure sempre iniciar em um ritmo mais leve, limite o treinamento em três vezes por semana de preferência sempre no período da manhã. Nos outros dias se alimente com carboidratos.

Cabe orientar, que pessoas que são sedentárias ou que sofrem com a obesidade, devem sempre procurar orientação com o médico ou nutricionista se a musculação em jejum pode trazer algum dano.

Já aqueles que buscam incansavelmente ganho de massa muscular, não é aconselhável o treino com pesos estando jejuando, sendo que a orientação do parágrafo anterior se aplica a este também, procure o médico ou nutricionista.

De maneira geral, o treinamento de musculação em jejum de manhã, pode ser aplicado em casos específicos e com orientação médica ou nutricional, caso contrário satisfaça-se em treinar fazendo a dieta tradicional. É mais saudável.

Sobre rafael

Veja Também

Ginástica individual

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal causa de morte é a doença …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *