Home / Sem categoria / Musculação na adolescência – por que praticar?

Musculação na adolescência – por que praticar?

A adolescência é uma das fases mais complicadas da vida – e também uma das mais prazerosas. É ali onde começam as descobertas relacionadas a sexualidade, primeiro amor, escolhas profissionais…e os cuidados com o corpo.

E nesse sentido, a musculação na adolescência pode ajudar.

Praticar exercícios pode fazer bem ao ser humano em qualquer idade. Claro que é importante sempre seguir orientações profissionais para ter os melhores resultados.

Para os jovens, a musculação pode trazer mais saúde, disposição, e ajudar a contornar alguns problemas que são típicos dos picos hormonais. Descubra, então, como aproveitar a musculação na adolescência, e qual é a maneira correta de praticar essa atividade.

Tudo o que você precisa saber sobre musculação na adolescência

Embora alguns estudos indiquem que a prática de musculação pode se iniciar bem cedo, por volta dos 7 anos de idade, o mais comum é que as academias liberem os treinos a partir dos 13 anos.

O principal cuidado é que o adolescente tenha sempre a supervisão de um profissional de educação física. Essa orientação ajudará a dosar o treino, impedindo que o jovem coloque a própria saúde em risco.

  • Precisa ter o aval de um médico?

É sempre indicado que um médico seja consultado antes de os exercícios físicos se iniciarem. Isso serve para qualquer pessoa, em qualquer idade – e também é uma indicação importante para a musculação na adolescência.

Melhora da autoestima é o grande benefício dessa atividade para os jovens!

Na adolescência, é natural que os jovens sofram com a baixa autoestima, e muitas vezes não gostem da própria imagem. E também é comum que ocorram problemas hormonais relacionados a puberdade.

O resultado disso é um excesso de peso, por exemplo, ou a magreza extrema, que pode deixar alguns adolescentes bem tristes e desmotivados, e até mesmo comprometer a relação interpessoal.

A musculação na adolescência ajuda os jovens a terem uma melhora nisso. Para quem tem tendência a engordar, a prática desses exercícios poderá ajudar a controlar bem o peso, evitando a obesidade.

Já para aqueles que são muito magros, a musculação na adolescência auxilia no ganho de massa magra, ajudando o corpo a ter mais definição, e um aspecto menos franzino.

  • Meninas também podem fazer?

É comum, quando falamos em musculação na adolescência, que automaticamente as pessoas pensem apenas nos garotos. Mas as meninas também podem (e devem!) fazer exercícios.

Além de todos os benefícios que citamos acima, as meninas ainda conseguem sofrer menos com os sintomas relacionados ao ciclo menstrual – como cólicas ou TPM.

Portanto, a musculação na adolescência pode ser benéfica para ambos os sexos, sem discriminação. O critério para começar a treinar é o mesmo: busque orientação médica e uma academia que disponha de treinadores profissionais.

Quanto mais cedo os jovens se exercitam, mais saudáveis se tornam!

Saiba que, quanto mais jovens as pessoas começam a se exercitar, melhores são os efeitos disso na vida e na saúde.

Por isso, praticar musculação na adolescência poderá trazer inúmeros benefícios na vida adulta. A começar pela diminuição dos riscos de problemas ósseos e cardíacos.

Estimular os jovens a levarem uma vida saudável representará um futuro mais equilibrado, uma expectativa de vida mais longa, e muito mais saúde.

  • Todas as academias aceitam adolescentes?

Nem todas as academias aceitam adolescentes, ou mesmo estão preparadas para recepcionar esse público. É importante que você consulte isso antes de matricular os seus filhos nas aulas.

A musculação na adolescência traz tantos benefícios (ou até mais!) quanto quando praticada na vida adulta. Começar a ter bons hábitos ainda na juventude com certeza trará bons frutos para o futuro.

Sobre rafael

Veja Também

Ginástica individual

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal causa de morte é a doença …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *